sábado, junho 26, 2010

Michael Jackson e as Testemunhas de Jeová: um ano depois


No dia 25 de Junho de 2009, uma quinta-feira qualquer, eu estava em casa, me recuperando de uma inflamação na garganta. Quando liguei a televisão, vi que estavam passando em um canal vários clipes do Michael Jackson em seguida. Achei aquilo estranho. Uma pequena faixa informativa no canto inferior da tela dizia que “de acordo com o site TMZ, Michael Jackson acaba de falecer” ou alguma coisa assim.
Ficamos curiosos com essa informação e fomos verificar na internet. Apesar da confusão que foi usar o Google e outras ferramentas da web (veja essa reportagem sobre o assunto), tudo parecia confirmar que realmente ele havia morrido.
Algumas horas depois (e mais algumas confirmações) peguei o nosso laptop e comecei a escrever um texto sobre o passado de Michael Jackson como testemunhas de Jeová. Pouca pesquisa foi necessária para levantar alguns dados, já que a vida de Michael sempre foi amplamente documentada.
Escrevi o texto e fui dormir. Esse seria apenas mais um texto de nosso blog lido por um ou outro visitante que ali chegasse por acidente ou por nosso poucos mais queridos seguidores. Mas a coisa não foi bem assim.
No dia seguinte a publicação do texto, nosso blog bateu recordes de visitas. Milhares de pessoas acessaram e leram nosso texto. Centenas comentaram (a sua grande maioria, testemunhas de Jeová irritadas). Dezenas de emails, tanto de protesto quanto de apoio. Novos contatos foram feitos, novas pesquisas levantadas e parte do rumo de nosso ministério foi influenciado por esse dia. Vários blogs e sites publicaram o texto sobre Michael Jackson.
Fomos apresentados a várias ex-testemunhas de Jeová e aprendemos muito sobre essa seita, muito além do que imaginávamos. Foi uma grande jornada pela defesa da verdade e que não terminará tão breve. Além de um retorno ao início da minha adolescência como testemunha de Jeová.
Mas acima de tudo, o mais importante foi que pudemos compartilhar o evangelho com milhares de pessoas em um curto espaço de tempo e para minha alegria, uma boa maioria era de testemunhas de Jeová. Quantas se converteram ao verdadeiro cristianismo? Não sabemos. Quantas largaram essa seita? Também não sabemos. Mas isso é o menos importante para nós. O que realmente importa é ser fiel aquilo que o Senhor tem nos orientado. Ele sabe quem foi transformado pela Palavra. Ele conhece esses números. Pois são todos para Sua glória.
Além do texto principal que deu início a tudo isso, outros textos se seguiram.
Veja abaixo uma lista dos textos sobre as testemunhas de Jeová e a Torre de Vigia.
Queremos agradecer a todos as pessoas que nos ajudaram nesse último ano em nossa jornada pela propagação da verdade para aqueles que estão presos às garras do corpo governante. Continuem orando para que o verdadeiro evangelho possa alcançar as vidas das testemunhas de Jeová e elas possa verdadeiramente ser salvas.

O texto que deu origem a tudo:

E os que se seguiram:

















9 comentários:

bsc disse...

Irmão, é só um comentário sobre algo em seu texo "Quantas se converteram ao verdadeiro cristianismo? Não sabemos. Quantas largaram essa seita? Também não sabemos. Mas isso é o menos importante para nós. O que realmente importa é ser fiel aquilo que o Senhor tem nos orientado."
Na verdade isso é o que mais importa, o ide não é apenas falar do evangelho e sim pregar para a conversão de almas.

Deu te abençoe grandemente

Luiz Neto disse...

Estive lendo sobre Michael Jackeson num desses blogs onde escrevem bobagem. O dono do Blog não poupou ideias fecais para lançar sobre as Testemunhas de Jeová. Quero dizer que no mundo há todos os tipos de crenças, inclusive as crenças das Testemunhas de Jeová. Temos, aqui no Brasil, uma constituição que em seus artigos pede o devido respeito pelas pessoas e suas crenças. Qualquer pessoa pode ter a religião que bem quiser, mas deve respeitar as dos outros. Se tal cidadão já se converteu no cristianismo verdadeiro, e se está pregando o evangelho a toda criatura deste plneta, continue, porém, não fale mal das Testemunha de Jeová, você me ofende. Eu sou Testemunha de Jeová. As Testemunhas de Jeová não só ensinam a única e verdadeira palavra de Deus, como também vivem por ela, são pessoas de uma conduta ilibada, pessoas de bem e muito cuidadosas. Sua sociedade é uma organização onde o zelo está presente, seu Deus é um Deus de paz e não de confusão. As testemunas de Jeová não precisam de ser ensinadas por qualquer que se diz seguidor de Cristo, de conduta dovidosa, que ensinam, mas não vivem de acordo com o seu ensinamento. Esses são desrespeitosos falam desregradamente das pessoas a fora, não são de Deus. Por favor, leia este comentário e me mande a sua resposta. Obrigado.

Vera Lucia disse...

Eu não sou testemunha de Jeová, mas sou grande simpatizante dessa religião e amo Jeová. Concordo plenamente com o Sr Luiz Neto as testemunhas de Jeová são pessoas dedicadas, amorosas, zelosas, respeitosas e que seguem rigorosamente os ensinamentos de Deus. E o verdadeiro Cristão não denigre outras crenças.

Vera Lucia disse...

Eu não sou testemunha de Jeová, mas sou grande simpatizante dessa religião e amo Jeová. Concordo plenamente com o Sr Luiz Neto as testemunhas de Jeová são pessoas dedicadas, amorosas, zelosas e que seguem rigorosamente os ensinamentos de Deus. E o verdadeiro Cristão não denigre outras crenças.

Maurilo e Vivian disse...

Vera, em lugar nenhum do blog foi dito que as testemunhas de Jeová não são dedicadas, amorosas ou zelosas. Quem está dizendo isso é voce. O que sempre afirmamos aqui, e o fazemos com base nas Escrituras, é que as testemunhas de Jeová seguem um ensino falso, direto de Satanás, através de seu representante, a Torre de Vigia. A grande maioria é enganada. São pessoas fantásticas, mas que servem a Satanás em sua ignorância.
Bom, se o verdadeiro cristão não denigre outras crenças, então as próprias testemunhas de Jeová não são cristãs. Vejam o que diz o livro Raciocínio à Base das Escrituras, quando se refere a todas as outras religiões: Babilonia a Grande: O império mundial da religião falsa, abrangendo todas as religiões cujos ensinamentos e práticas não se harmonizam com a verdadeira adoração de Jeová, o único Deus verdadeiro. É assim que as testemunhas de Jeová caracterizam as outras religiões.
Talvez, além de ser simpatizante, voce deveria conhecer melhor essa seita e ficar longe dela.

Lukz disse...

Desculpe-me, mas você não sabe o que está falando. Conheci igrejas evangélicas e depois conheci as Testemunhas de Jeová(sou uma Testemunha de Jeová). Digo, que é você que deve conhecer melhor essa religião. Será que pessoas que vivem de acordo com que aprendem, praticando o amor ao próximo, sendo honestas, não tendo vícios, não estando envolvidas com a imoralidade e a ganância do mundo, estão fazendo a vontade de Satanás ? Muito pelo contrário, pois é ele quem promove todas estas coisas. Não estou falando isso para te criticar, pois anteriormente eu também pensava que tratava-se de fanáticos. Mas eu descobri que são pessoas que obedecem plenamente a palavra de Deus, a Bíblia e vivem de acordo com seus ensinamentos. Se você puder conhecer melhor, com certeza irá mudar de opinião. Abraço.

Lukz disse...

Desculpe-me, mas você não sabe o que está falando. Conheci igrejas evangélicas e depois conheci as Testemunhas de Jeová(sou uma Testemunha de Jeová). Digo, que é você que deve conhecer melhor essa religião. Será que pessoas que vivem de acordo com que aprendem, praticando o amor ao próximo, sendo honestas, não tendo vícios, não estando envolvidas com a imoralidade e a ganância do mundo, estão fazendo a vontade de Satanás ? Muito pelo contrário, pois é ele quem promove todas estas coisas. Não estou falando isso para te criticar, pois anteriormente eu também pensava que tratava-se de fanáticos. Mas eu descobri que são pessoas que obedecem plenamente a palavra de Deus, a Bíblia e vivem de acordo com seus ensinamentos. Se você puder conhecer melhor, com certeza irá mudar de opinião. Abraço.

Lukz disse...

Desculpe-me, mas você não sabe o que está falando. Conheci igrejas evangélicas e depois conheci as Testemunhas de Jeová(sou uma Testemunha de Jeová). Digo, que é você que deve conhecer melhor essa religião. Será que pessoas que vivem de acordo com que aprendem, praticando o amor ao próximo, sendo honestas, não tendo vícios, não estando envolvidas com a imoralidade e a ganância do mundo, estão fazendo a vontade de Satanás ? Muito pelo contrário, pois é ele quem promove todas estas coisas. Não estou falando isso para te criticar, pois anteriormente eu também pensava que tratava-se de fanáticos. Mas eu descobri que são pessoas que obedecem plenamente a palavra de Deus, a Bíblia e vivem de acordo com seus ensinamentos. Se você puder conhecer melhor, com certeza irá mudar de opinião. Abraço.

Lukz disse...

Desculpe-me, mas você não sabe o que está falando. Conheci igrejas evangélicas e depois conheci as Testemunhas de Jeová(sou uma Testemunha de Jeová). Digo, que é você quem deve conhecer melhor essa religião. Raciocina comigo. Será que pessoas que vivem de acordo com que aprendem, praticando o amor ao próximo, sendo honestas, não tendo vícios, não estando envolvidas com a imoralidade e a ganância do mundo, estão fazendo a vontade de Satanás ? Muito pelo contrário, pois é ele quem promove todas estas coisas. Não estou falando isso para te criticar, pois anteriormente eu também pensava que tratava-se de fanáticos. Mas eu descobri que são pessoas que obedecem plenamente a palavra de Deus, a Bíblia e vivem de acordo com seus ensinamentos. Se você puder conhecer melhor, com certeza irá mudar de opinião. Abraço.

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...