sexta-feira, setembro 25, 2009

Se a Epístola de Paulo aos Gálatas fosse publicada na revista Christianity Today...


Se a Epístola de Paulo aos Gálatas fosse publicado na revista Christianity Today...

CARTAS AO EDITOR

Cara Christianity Today:
Em resposta ao artigo de Paulo D. Apóstolo sobre a igreja da Galácia em sua edição de janeiro, tenho de dizer que estou chocado com o tom anticristão deste texto. Por que a negatividade? Ele foi à igreja da Galácia recentemente? Eu conheço algumas das pessoas daquela igreja, e eles são as pessoas mais amorosas e cuidadoras que eu já conheci.
Phyllis Snodgrass, Ann Arbor, MI
------------------------
Prezado Editor:
Quão arrogante da parte do Sr. Apóstolo achar que ele tem o direito de julgar essas pessoas e classificá-las como amaldiçoadas. Esse não é o trabalho de Deus? Independentemente da questão da circuncisão, estes Gálatas crêem em Jesus, tanto quanto ele crê, e é muito farisaico condená-los apenas porque diferem em uma questão tão secundária. Pessoalmente, eu não quero um instrumento afiado em nenhum lugar perto do meu zíper, mas isso não me dá o direito de julgar como alguém segue a Cristo. Será que não podemos apenas focar no nosso compromisso comum em Cristo e promover o seu reino, em vez de diminuir irmãos crentes por questões doutrinárias mesquinhas?
Ed Bilgeway; Tonganoxie, KS
-------------------------
Caro CT:
Eu já vi outros artigos dúbios do Apóstolo Paulo no passado e, sinceramente, estou surpreso que você achou que suas críticas recorrentes a igreja mereciam ser publicadas em sua revista. O Sr. Apóstolo há muitos anos tem tido uma propensão para pensar que ele tem direito a "marcar" certos professores cristãos que não concordam com sua posição bíblica. Certamente eu o parabenizo por desejar permanecer fiel à palavra de Deus, mas eu acho que ele erra em ser tão dogmático sobre suas visões a ponto de se sentir livre para atacar abertamente os seus irmãos. Sua atitude torna difícil a plena unificação da Igreja, e dá crédito à vista da oposição de que os cristãos ficam julgando, são um povo arrogante, que nunca mostra o amor de Deus.
Ken Groener, San Diego, CA
--------------------------
Para os editores:
O Apóstolo Paulo diz que espera que os professores de Gálatas cortem suas regiões privadas? Que tipo de atitude cristã é esse? Que vergonha!
Martha Bobbitt, Boulder, CO
--------------------------
Cara Christianity Today:
O fato de o Apóstolo Paulo se gabar de sua discussão em público com Pedro Cefas, um líder bem respeitado e irmão em Cristo, expõe o Sr. Apóstolo para a figura divisora que ele se tornou na Igreja de hoje. Sua dissertação exaltada contra a Igreja da Galácia é apenas mais do mesmo foco equivocado em uma dependência antiquada por doutrina, em vez do amor e da tolerância. Basta olhar como sua atitude hipercrítica tem denegrido crentes homossexuais e mulheres mais velhas! O verdadeiro problema dentro da Igreja hoje, não é a falta de dedicação doutrinária, como apóstolo parece acreditar, mas em nossa incapacidade de sermos transformados pelas nossas jornadas individuais no Espírito. Evidentemente, o apóstolo não se distancia de seu passado como fariseu legalista, e é incapaz de deixar estar e experimentar o verdadeiro amor de Cristo que está vindo dos Gálatas que se esforçam para adorar a Deus em sua própria maneira especial.
William Zenby; Richmond, VA
--------------------------
Queridos Editores:
Acontece que eu sou um membro da Primeira Igreja Cristã da Galácia, eu tenho um problema com o artigo do Sr. Apóstolo. Como pode ele criticar um ministério que tem sido tão abençoado por Deus? Nossa igreja tem muitos novos membros batizados e tem criado caminho para dentro da comunidade judaica com a nossa visão pragmática sobre a circuncisão. Tal abordagem “sensível aos interessados” deu aos judeus o respeito que merecem por ser povo escolhido de Deus por milhares de anos. Além disso, todos os gentios em nosso meio se sentiram honrados em participar nos muitos rituais edificadores do patrimônio hebraico, inclusive a circuncisão, sem perder a sua paixão por Jesus. Meu conselho ao Sr. Apóstolo é para se manter firme em espalhar a mensagem do evangelho do amor incondicional de Cristo, e parar de criticar o que Deus está claramente abençoando em outras igrejas.
Miriam "Betty" Ben-Hur; Galácia, Turquia
---------------------------

NOTA DO EDITOR: Christianity Today se desculpa por nossa decisão precipitada em publicar a exposição do Apóstolo Paulo sobre a igreja da Galácia. Se tivéssemos conhecido do grau em que os nossos leitores e anunciantes retirariam seu apoio financeiro, nunca teríamos publicado uma verdade bíblica tão impopular. Pedimos desculpas por qualquer dano que possa ter causado em propagar as doutrinas de Cristo.


Não poderia ser mais verdadeiro... hahahaha

2 comentários:

henriquebft disse...

Esse post escancara o evangelho light que alguns defendem. Voltemos para as verdades mais incômodas e puras do evangelho de Cristo e paremos com a tentativa de agradar a todos!
"Mais importa obedecer a Deus do que aos homens." At 5.29B

Professora de Escola Dominical disse...

Muito apropriado. É uma denúncia, sim. Parabéns!

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...