domingo, abril 18, 2010

Evangelismo no parque da Luz em São Paulo


Hoje fomos ao parque da Luz em São Paulo. A Vivian foi participar de um estudo fotográfico junto a sua turma de fotografia. Eu aproveitei para ir junto e tentar conversar sobre o evangelho com algumas pessoas.
Uma pessoa que eu consegui conversar foi com o senhor Wilson, que vive sempre nas imediações do parque.
Ouça abaixo o áudio do evangelismo com o Wilson.


Uma coisa interessante é que conversamos em um dos coretos do parque e ao nosso lado tinha umas quatro pessoas, que ouviam atentamente a nossa conversa. Quando percebi que essas pessoas estavam interessadas, comecei a falar mais alto. 5 pessoas evangelizadas ao mesmo tempo. Uma mini pregação ao ar livre.
Às vezes, as pessoas gostam de puxar a conversa para outro lado, especialmente quando querem se justificar. É muito importante não deixar que isso aconteça. Traga-o de volta para a Lei e deixe o Espírito Santo fazer o trabalho.
Uma pequena nota: esse senhor freqüenta a Igreja Mundial do Poder de Deus, mas não tinha noção do que era o evangelho. Infelizmente não é a primeira pessoa dessa igreja que eu encontro que não entende bulhufas do evangelho. Também é verdade que esse não é um problema exclusivo dessa denominação, mas junto a Universal e à Internacional da Graça, é bem mais explícito.
Nunca assuma que alguém conhece o evangelho só porque freqüenta alguma igreja, seja ela qual for, mesmo que sejam as tradicionais. Certifique-se que essa pessoa nasceu de novo. Se você perceber que ela não conhece o evangelho, compartilhe com ela.

2 comentários:

Marrogo disse...

Concordo com o irmão em parte, perceba o seguinte. Muitos membros evangelistas de qualquer denominação, nem sempre conhecem toda a palavra de Deus, principalmente nessa Igreja que é considerada a que mais cresce atualmente e que tem uma diversificação de pessoas vindas de várias religiões onde a cada dia membros novos que sentem que foram tocados por Jesus Cristo, querem mostrar e também tocar outros nas ruas ai fora, mesmo ainda não conhecendo toda a palavra. Acredito, irmão, que esses evangelistas, em sua maioria, são membros novos que acabaram de entregar sua vida a Deus e querem compartilhar e ganhar mais almas, da mesma forma que eles foram tocados. Uma coisa é certa, que Jesus nos ensinou, eles estão fazendo. Que é o amor. O amor com o próximo. O evangelho eles irão conhecer conforme forem se entregando a Deus, orando e vigiando. "E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios." Marcos 12:33

Maurilo e Vivian disse...

Caro Marrogo.
Eu não acredito ter citado os evangelistas que saem para a rua para pregar o evangelho, mas possuem pouco conhecimento da palavra e por isso encontramos pessoas por aqui que não conhecem o evangelho. Eu me referi aos pastores das denominações. Veja, esse senhor frequenta a Mundial, ou seja, ele vai aos cultos, ele vai até o tempo. As pessoas não vão até ele. Ele está dentro de templo e é lá dentro que ele não está sendo evangelizado. A mensagem do evangelho não está chegando até ele, isso da boca dos pastores. Ele viu o próprio Valdomiro e ainda assim ele não tinha noção de como ser salvo. Portanto o problema é dos pastores mesmo. E se eles não sabem o que é o evangelho, deveriam fazer outra coisa da vida.
Agora, não devemos equiparar conhecer o evangelho com conhecer a Palavra. Se uma pessoa não sabe nem o que é o evangelho, nem salva ela é. Como é possível ser salvo sem conhecer o evangelho? O que é o evangelho: nos somoso pecadores, merecemos a justa punição de Deus, mas ele em seu amor mandou se Filho que morreu na cruz em nosso lugar. Ele morreu, ressuscitou e hoje podemos ter salvação se nos arrependermos do nosso pecado e colocarmos nossa fé em Cristo.
É simples assim. Se a pessoa não sabe nem isso, nem salva ela é.
Amor é algo importante, mas não é tudo. As testemunhas de jeová possuem amor pelas almas, até mais do que a grande maioria dos evangélicos, mas isso não torna a mensagem deles válida.
Meu irmão, devemos trabalhar por uma visão mais bíblica de cristianismo, de evangelismo e de igreja. Não podemos ser condescendestes e achar que tudo passa desde que tenha amor. Amor é importante, mas não é tudo.

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...