domingo, maio 02, 2010

Um brinde aos luteranos, do jeito luterano!


Um brinde luterano!
"Pior para vocês batistas!!!!

Esse post tinha que ter saído no dia 16 de Abril, em comemoração à chegada de Martinho Lutero na Dieta de Worms (que é luterano sobe do que estou falando). Mas eu esqueci...

Ps: os batistas poderiam adotar algumas práticas luteranas fundamentadas na tradição, como beber cerveja por exemplo...

4 comentários:

Sua Quel... disse...

rs... não sabia que os luteranos eram conhecidos pela cervejinha... :) Aqui não é muito comum eles beberem cerveja não, só vinho.

Maurilo & Vivian disse...

Nossa, Lutero deve estar se remexendo no túmulo...
Nada como uma boa cerveja! Especialmente as de trigo... ai, ai, weisbeer...

Rafael disse...

Embora o contexto seja um pouco ofensivo não por questão de religiosidade mais por razões sociais de respeito. Luterano acredita que qualquer pessoa possa interpretar a bíblia e chegara a Deus sem intermédio de padres, com todo respeito ao catolicismo. Ou seja cada um se salvara se seguir os ensinamentos de Deus. Bom hoje são poucos que acreditam ou aplicam a religião a suas vidas

Maurilo & Vivian disse...

Olá Rafael.
Não entendi porque você achou o contexto um pouco ofensivo. O que você quer dizer com razões sociais de respeito?
Eu também acho que você está errado na forma como caracteriza o ensino sobre salvação na igreja luterana. Uma das grandes enfases de Martinho Lutero era a graça e que só poderiamos ser salvos através dela. Nenhuma boa obra ou obediência a qualquer ensino poderia nos salvar. Esse não é um ensino da igreja luterana. A questão da interpretação das Escrituras foi discutido entre Lutero e Erasmo, mas Lutero tinha certeza que valia a pena colocar a Bíblia na mão do povo. E muita coisa na Bíblia é clara, não precisa de interpretação.
Eu concordo com você no último ponto. Pouca gente realmente vive aquilo que diz que acredita. Existe um vacuo entre a fé das pessoas e como essas pessoas vivem.
Abraços.

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...