quinta-feira, julho 02, 2009

Jesus é Deus, diz Isaías


Mostrar que Jesus é Deus, um com o Pai e com o Espírito Santo não deveria ser algo tão difícil, uma vez que essa é uma doutrina básica do cristianismo. Não deveria exigir conhecimentos profundos de hebraico e grego e nem mesmo um argumento muito complexo que só faz sentido para teólogos gabaritados.
Se você pensa assim, é com alegria que queremos lhe informar que na verdade não é algo difícil. Com apenas três versículos, mais duas palavras em hebraico que todos conhecem e um pouco de bom senso, você pode mostrar que a única conclusão lógica é que Jesus é Deus.
Vamos começar com Isaías 6:1 que diz “No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e as orlas do seu manto enchiam o templo”. Nesse texto Isaías diz que viu o Senhor, Adonai em hebraico. No versículo desse mesmo capítulo ele diz que novamente que viu o Senhor, mas dessa vez usa o tetragrama para se referir a Deus, YHVH ou sua versão mais conhecida, Jeová. Ou seja, esse texto deixa claro quem Isaías viu; Deus, Jeová.
Agora vamos ler João 12:41 “Estas coisas disse Isaías, porque viu a sua glória, e dele falou”.
Dele, dele quem? De quem João está falando? Leia os versículos anteriores, especialmente do 34 a 40. João está falando sobre Jesus, de forma bastante clara nesse texto.
Assim sendo, se Isaías diz que viu Deus, Jeová e João diz que Isaías viu a Jesus, então a única conclusão lógica é que Jesus é Deus, Jesus é Jeová.
Algumas religiões podem dizer que Isaías viu duas pessoas distintas, Jeová e Jesus. Mas isso não faz sentido quando se faz uma leitura plena do texto. Isaías não diz que viu dois senhores, mas um Senhor. Não informa de maneira alguma que havia duas pessoas lá.
Além disso, Deus diz que não dará sua glória para ninguém. E João diz que a glória que Isaías viu foi a de Jesus.
Essa é uma forma simples de mostrar que Jesus é Deus. De maneira nenhuma esgota esse assunto. Existem muitos outros exemplos da divindade de Cristo. Mas acredito que essa seja uma forma rápida, simples e lógica de abordar esse assunto, mostrando que a divindade de Cristo é algo evidente nas Escrituras.
Agradecimentos ao profeta Isaías e ao apóstolo João pela ajuda.

4 comentários:

sergio_tj disse...

Só um detalhe que deve ser notado, Moises foi avisado de que ninguem poderia ver a Deus e continua vivo, pois o proprio moises queria ver, mas não pode

Maurilo & Vivian disse...

Olá Sergio.
Poderia citar qual texto você está se referindo?
E o que isso tem a ver com o assunto?
Estaria chamando João e Isaias de mentirosos? Isaias disse que viu Jeová.
Esses textos podem ser muito bem conciliados, mas antes gostaria que você citasse o versículo ao qual você se refere.

luan disse...

olá,sou luan,olha sinceramente isso é um absurdo dizer q jesus é jeova,por favor entao o q dizer das palavras em [Mateus 3:17]'eis que também houve uma voz dos céus,que disse:''este é meu FILHO,o amado a quem tenho aprovado'','nenhum homem jamais viu a deus'[Joao1:18],o q isaias tene foi uma visao.Ainda assim,a visao era tao vivida,tao real,q isaias ficou atemorizado,cmo se estivesse vendo o proprio Jeová.Outra coisa jEsus ele é chamado na biblia de o ''FILHO PRIMOGENITO''[Joao1:14]e tbm o nome Jeová aparece pelos umas quarentas vezes no novo testemento,e o proprio nome de Jesus significa ''SALVAÇAO DE JEOVÁ''(pesquise sobre isso0,isso pq ''Deus amou tanto o mundo(a humanidade)que deu seu filho unigenito para que todos que nele exerce fé nao se destruido mais tenha vida etrna''[Joao 3:16]leia pq tbm pq vida eterna em[2Pedro3:13]abçs

Maurilo e Vivian disse...

Olá Luan.
Quando dizemos que Jesus é Jeová, não estamos dizendo que ele é o Deus Pai, mas sim que Jesus é tão Deus quanto o Pai. Eles são pessoas diferentes, mas uma mesma deidade. Não confundimos as pessoas. Se você acha que a doutrina da Trindade ensina que Jesus é a mesma pessoa que o Pai, então recomendo revisar seu entendimento sobre a Trindade.
Além disso, você não tratou com o assunto em questão aqui. Isaías diz que viu a glória de Jeová. João diz que Isaías viu a glória de Jesus. Ora, de quem era a glória? Esse é o tema da potagem e você não tratou dessa questão.
O tetragrama não aparece em nenhum texto antigo do Novo Testamento em grego. Tanto o Deus Pai quanto Jesus são chamados de Kirios. As únicas edições antigas que apresentam o tetragrama são edições em hebraico do novo testamento posteriores ao século 8 e que também aplicam o tetragrama para Jesus, não apenas para o Deus Pai.
Infelizmente esse erro de entendimento, que havia o tetragrama nos originais do Novo Testamento continua sendo propagado pela Torre de Vigia, mesmo sem a menor evidência à favor.
Abraços.

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...