domingo, novembro 16, 2008

Carta a uma amiga lésbica

Eu chamo de carta por uma simples questão de título, mas na verdade foi um e-mail que enviei para uma amiga.
Resolvi colocar aqui por ser um assunto muito delicado. Sei que é muito difícil de lidar com tudo isso e gostaria de contribuir da maneira possivel.
O nome da minha amiga claro foi substituido por xxxxxxxx para não expô-la, apesar de para mim ser bobagem, já que é um nome comum e não dá para saber quem ela é. Mas em tempos de politicamente correto, vou proteger o nome.
Um pequeno histórico para que você possa entender o contexto. Esse amiga frequentava uma famosa igreja em São Paulo por bastante tempo. Ela se dizia apaixonada por evangelismo, foi colocada para liderara grupos pequenos, dar aconselhamentos. Mas era considerada problemática. Namorava todos os garotos possíveis da igreja, mas nunca dava certo com nenhum deles. A "abordagem" que a igreja teve para lidar com o problema foi tentar aquartela-la cada dia mais dentro da igreja. Ela tentou se envolver com agências missionárias, mas nada dava certo.
Um belo dia ela desaparece e descobrimos que ela tinha largado a igreja e ido morar com uma mulher! Foi uma enorme surpresa! Com o tempo, várias coisas que estavam escondidas foram reveladas. Ela já tinha se envolvido com essa mulher antes, sempre tentou esconder essa atração, por isso namorava todos os garotos e, para minha surpresa, seus pastores sabiam disso, mas nunca lidaram de forma eficaz com isso. A única resposta era entocá-la na igreja.
Por várias vezes tentamos entrar em contato com ela, mas ela simplesmente nos ignora. Então, fazemos o que Deus nos diz para fazer: orar e pregar a Palavra.
Abaixo segue o ultimo e-mail que enviei. O tom pode parecer um pouco pesado, mas precisamos nos lembrar que ela já ouviu o envagelho (mesmo sendo a mensagem "água com açucar de hoje") e se ela morrer em seus pecados, ela vai para o inferno. Simples assim.


Oi Xxxxxxx.
Como vocês está? Faz muito tempo que não recebemos nenhuma notícia sua. O pouco que sabemos sobre você nesse momento vem de outras pessoas. Sei que você não quer nenhum contato conosco, mas saiba que estamos orando por você e gostaríamos muito de ouvir algo diretamente de você.
Esse é meu momento anual de escrever para você. Já deve até saber o que vou escrever: sobre seu horrível destino caso você não se arrependa de seus pecados. Você sabe que estou falando sobre inferno. Sei que é algo duro de se ouvir ou ler, mas peço que você considere comigo tudo o que vou expor.
Quero acima de tudo que você entenda o que nos motiva. Não existe prazer nenhum em te dizer isso, na verdade, para nós é um grande pesar. Nos amamos você, não queremos que você se perca. Nossa motivação é amor. Sabemos do risco que você corre e queremos alertá-la para ele. Pense no seguinte: você olha para a casa do seu vizinho do outro lado da rua. É tarde da noite e você sabe que ele está dormindo. Olhando para a casa, você percebe que ela está em chamas e que seu vizinho está em grande perigo. O que você faz? Vai até a casa dele e, gentilmente, bate na porta e quando é atendida, pergunta se ele não quer dar uma volta lá fora, pois a noite está bonita? Você evita tocar no problema de verdade com medo de ofendê-lo? Não, você correria até a casa e o retiraria dali, mesmo que tivesse de retirá-lo à força, pois você não quer que ele morra. É isso que estamos fazendo com você. Estamos vendo sua casa pegando fogo, não queremos que você se perca. Se para que você se salve, você fique ofendida conosco, que seja. Nós te amamos mais do que amamos nossa amizade com você, apesar de que nesse ponto, sei que isso pouco importa.
Se você ainda estiver lendo, lembre-se que nossa motivação é amor.
Dito isso, gostaria de abordar brevemente algo que você já deve ter ouvido falar muitas vezes enquanto freqüentava os cultos nas igrejas: o amor de Deus. Quantas vezes você não ouviu falar que “Deus te ama” ou quantas vezes você não disse isso para alguém em algum discipulado, ou reunião das células ou mesmo evangelizando? Quantas vezes?
Me responda, o que você entende sobre o amor de Deus? Deus é amor! Sim, ele é amor! Mas como esse amor se manifesta? Vou compartilhar isso com você agora mesmo, mas antes eu quero que você guarde algo muito importante: no final de tudo, você vai ser instrumento para glorificar a Deus. O que você vai precisar descobrir é de qual forma.
Voltando ao amor de Deus, esse amor só faz sentido quando colocado em perspectiva. E eu quero colocá-lo em uma perspectiva que, mesmo que você não acredite, vai concordar que esse amor é imenso.
Todos somos pecadores. Já tratamos disso no outro e-mail. Falando especificamente de você, deixando de lado seu lesbianismo por um momento, quantas mentiras você já contou? Quantas vezes você já desobedeceu a seus pais? Quantos dos mandamentos você já violou? Todos, não é verdade? Sei que você não os considera muito, mas saiba que Deus é santo e Ele não tolera pecado, e a Bíblia diz que pecado é a violação da Lei de Deus. Para você ver como Deus leva isso muito a sério, ele matou um casal no livro de Atos só porque eles contaram uma mentira! Isso é sério. A Bíblia diz que “nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus”.
Deus nos deu vida, ar, família, trabalho, um país livre, tantas e tantas coisas boas e nós rejeitamos tudo isso pecando contra Deus! É por isso que somos inimigos de Deus em nossos pecados.
O que Deus deveria fazer conosco? Se violamos a Lei de Deus e se Ele for exercer justiça, seremos condenados a uma eternidade no inferno. Deus é justo. Deus não vai se corromper, ele não é corrupto. O que você vai dizer para Deus no dia do julgamento? “Ai Deus, me desculpe, eu não sabia, não achava que era importante”. Você acha que isso vai adiantar?
Entenda uma coisa, você já ouviu o evangelho e tem mais conhecimento sobre as Escrituras que muita gente. Isso terá um peso maior ainda sobre seu julgamento, pois você sabe.
Eu sei que no fundo você não acredita em nada disso. Se você acreditasse de verdade que iria para o inferno, você já teria se arrependido e se jogaria nos braços do Salvador. Mas ao contrário, você continua fazendo aquilo que pode destruí-la. Imagino o quanto você ama seu pecado para arriscar sua eternidade por ele.
É aqui que entra o amor de Deus. Nós pecamos contra ele, negamos sua existência e sua Palavra, vivemos em rebelião e inimizade e ainda assim, ainda assim, Ele preparou nossa Salvação. Deus se manifestou em carne na pessoa de Jesus Cristo, viveu uma vida perfeita e morreu na cruz em nosso lugar.
Você já sabe disso de cor e salteado. Mas o que isso quer dizer? Será que você entende?
Deus, como justo juiz e dono de tudo isso aqui, tinha todo direito de colocar sua ira sobre nós, pecadores imundos. Mas Ele, em seu amor, colocou sua ira sobre seu Filho Jesus Cristo, pois a justiça de Deus tinha de ser exercida. Mas Cristo ressuscitou, venceu a morte e hoje a salvação está disponível.
Reflita comigo; existe amor maior? Você consegue imaginar algo maior que isso? Salvar seus inimigos, entregando a vida de Seu único e amado Filho. Não, não existe amor maior que esse.
Minha amiga, por favor reflita sobre isso. Por favor, pense nesse grandioso amor, pense em seus pecados e no que Deus deve fazer com você por causa deles e como Ele te amou e te proporciona total e completa salvação.
Ele pode perdoar todos os seus pecados, todos. Não existe nenhum pecado que não possa ser perdoado. Mas existe algo que você deve fazer para ter essa salvação.
Não, não é convidar Jesus para entrar em seu coração, ou aceitar Jesus como seu Salvador, pois eu sei que se você fosse me responder, ia me dizer que já fez isso tantas e tantas vezes.
O que você deve fazer para ser salva é, em primeiro lugar, se arrepender de seus pecados. É mais do que dizer que sente muito, é perceber que você está vivendo em total rebelião em relação a Deus e se afastar de seus pecados. E isso incluí o lesbianismo.
E a segunda coisa que você deve fazer é colocar sua fé totalmente em Jesus Cristo. Colocar a sua fé em Jesus Cristo é mais do que acreditar que Ele existe. É como pular de para-quedas. Acreditar que o para-quedas está lá, mas não colocá-lo, isso não irá ajudá-la muito quando tiver de pular do avião. Você precisa vestir o para-quedas, aí sua fé nele vai ser efetiva. É a mesma coisa com Jesus.
No final de tudo, eu rogo que você considere todas essas coisas. Se você leu até o final, minhas orações já começaram a ser respondidas. Pense sobre tudo isso. Pense na sua eternidade. Reflita no risco que você está correndo, por amar tanto seus pecados. Eles são mais importante para você que sua própria vida?
Xxxxxxx, que o Espírito Santo possa te convencer do pecado, da justiça e do juízo. Que você venha a ser salva e que no meu próximo e-mail, eu possa te chamar de irmã.
Nós te amamos. Lembre-se disso.
Maurilo e Vivian.

PS. Eu te falei que no final de tudo, você vai ser instrumento para glorificar a Deus. Pois bem, saiba que todo ser humano que vive, viveu ou viverá será instrumento para glorificar a Deus. Na verdade, dois aspectos de Deus, ou seu amor, ou sua justiça. Aqueles que forem salvos por Deus e vão passar a eternidade com Ele, irão glorificar seu amor, pois foram salvos mesmo não merecendo. Agora, aqueles que não se arrependerem, serão lançados no lago de fogo por toda a eternidade e irão glorificar a justiça de Deus, pois receberam o que lhes era justo.
A pergunta que fica: em qual grupo você vai estar?

6 comentários:

Miss Cleusa disse...

Amado irmão...vc foi feliz em expor um assunto tão delicado...parabéns. gostaria de poder utilizar o seu texto em um trabalho academico que eu preciso fazer, o irmão me autoriza a faze-lo?

Junto com vcs estaremos orando por esta amiga. Que Deus em Cristo Jesus conceda a ela mais uma oportunidade...que a volta seja o mais breve possivel...graça e paz !!

Miss Cleusa Klein disse...

Meu amado irmão aqui está o e-mail para que possas me dar uma resposta sobre o comentario postado. paz!!

Miss Cleusa Klein
duas_vidas1409@hotmail.com

Márcia disse...

Amados irmãos, a paz!!!

Muito bom o blog, e a coragem de abordar assuntos delicados, devemos sim ser sinceros e exortar no amor enquanto é tempo!

visitem o meu
http://territoriodosenhorjesus.blogspot.com

Márcia Gomes

Condessa X disse...

Só falta trazer uma fogueira para começar a caça às bruxas.
O que vocês estão a fazer é a passar a imagem de um Deus vingativo que devemos temer, mas se Deus existe ele não será isso. Um bom pai ou um bom professor sabem que não há nada melhor do que obter o reconhecimento e o respeito, por isso eles não precisam que os seus subditos os temam. Um ditador, pelo contrário, quando não se pode valer de respeito usa como arma a ameaça, o medo.
Você deve ser mesmo uma grande amiga ao ponto de expor a vida de uma pessoa num post (ainda que de forma anónima, outros irmãos possivelmetne saberão identificá-la). A única coisa que faz neste post é apontar o dedo a uma pessoa só porque se afastou da vossa igreja. Escuda-se com uma "palavra" que entende como sendo de Deus, mas ela não é senão a palavra dos homens que a escreveram e dos que a vêm traduzindo ao longo dos tempos, sabe-se lá com que erros semânticos, casuais ou propositados.
A Bíblia tanto pode ser usada para ensinar o amor ao próximo como a vingança e a ameaça. E é isso que me parece estar a fazer quando por outras palavras diz "Veja que vai arder no fogo dos infernos, sua pecadora". Ao ameaçar uma pessoa que considera sua irmã não está mais do que a lançar-lhe pedras e é disso que se deve arrepender!
Nós não somos ninguém para medir os erros dos outros e não é bonito fazê-lo desta forma:

"Quantos dos mandamentos você já violou? Todos, não é verdade? Sei que você não os considera muito, mas saiba que Deus é santo e Ele não tolera pecado, e a Bíblia diz que pecado é a violação da Lei de Deus."

Como é que você sabe que ela já violou todos os mandamentos e que não os tem em grande consideração? Acaso anda a espionar a vida dela? Acaso os membros da sua igreja não são mais do que um conjunto de espiões? Olhe para dentro de sua casa. Nunca cometeu nenhum pecado?
Deve ser por isso que atira pedras!

Maria Magdalena

Maurilo & Vivian disse...

Olá Condessa X, obrigado por visitar nosso blog. Fico feliz que alguém de Portugal tenha lido nosso post.
Acho que é muito importante responder a seu comentário e o estou fazendo por comment e por e-mail.
Compartilhar o evangelho com alguém é bastante diferente da caça às bruxas. Será que você usou essa comparação porque dizemos que o homossexualismo é pecado? Nós não lançamos ninguém na fogueira. Muito pelo contrário, nossa preocupação com ela é exatamente de que isso não aconteça! O grande motivador para escrever aquele e-mail foi amor. Pense comigo, se aquilo que eu acredito for verdade, aqueles que morrerem sem a salvação em Cristo serão condenados. Eu não quero que isso aconteça com ela! Nós a amamos demais para deixar que ela simplesmente se perca. Não podemos força-la a nada, mas podemos compartilhar tudo isso com ela e orar para que Deus venha a convence-la que ela precisa de salvação. Nós somente declaramos para ela o que a Bíblia diz. Não deixamos de ser amigos dela, estamos sempre a disposição, mas tememos que ela morra em sua condição pecaminosa. Isso é amor. Se você vê um amigo em grande perigo, você não iria avisá-lo? Se você realmente se preocupa com seu amigo, por amor a ele, você vai alertá-lo.
Aqui cabe uma nota: eu não falo assim com ela somente por ela ser lésbica, mas na verdade, falo dessa forma com todos meus amigos que não são salvos em Cristo e isso incluí até aqueles que freqüentam a igreja. O e-mail dela só virou post por causa da relevância da questão homossexual nos dias de hoje. Mas muitos outros recebem esse e-mail, sejam héteros ou homossexuais. Não existe discriminação.
Você tocou em um ponto interessante. Se Deus existir, como seria? Se Deus existe, ele criou todo o universo e se revelou ao homem, pois se nós, que somos humanos nos comunicamos, imagine então um Deus. Esse Deus seria inteligente? Seria um Deus com padrões morais? Saberia a diferença entre certo ou errado? Se Ele tem um padrão de moralidade e é dono de todo o universo, nada mais justo de ter todo o direito de nos julgar quando nos apresentarmos diante Dele. E é exatamente isso que a Bíblia diz. A Bíblia diz que Deus é santo e um justo juiz. Você acha que juizes devem punir ladrões, assassinos, estupradores? Claro que sim. Imagine então Deus, que criou todo o universo, nos deu vida, família, comida, ar e tantas e tantas coisas. Se Deus existe, ele tem todo o direito de nos julgar. Mas apesar desse direito e por direito Ele deveria nos punir, ele nos atrai a Ele não por medo, mas por amor. Eu já vou tratar disso em breve.
Nós somos sim amigos dela pois temos coragem de dizer o grande perigo que ela corre. Ela ter se afastado da igreja no final das contas foi bom, pois se ela continuasse freqüentando os cultos como se nada tivesse acontecido, ela estaria agindo como hipócrita. A única coisa certa que ela fez em toda essa situação foi exatamente sair da igreja.
Eu pensei bastante antes de postar esse e-mail, pois fiquei pensando o quanto ela seria exposta. Mas analisando a situação, entendemos que não haveria nenhum exposição porque tudo o que eu disse sobre ela é público para todos. Ela saiu de casa para viver com uma mulher. Todos sabem disso. Nenhuma novidade. Todos os nossos amigos em comum já sabem disso. Todos no trabalho dela já sabem disso. Ela já negou publicamente sua fé. Não existe exposição, já que não existe nenhuma novidade. Mesmo que eu escrevesse seu nome no post, nenhuma novidade, nenhuma exposição. Sim, nós somos amigos dela e de forma alguma esse post causou algum mal.
Sobre a Bíblia ser ou não a Palavra de Deus, a pergunta mais óbvia é: é a Bíblia a Palavra de Deus? Pois, se a Bíblia for a Palavra de Deus, então tudo o que eu escrevi está correto e não existe problema nenhum em usá-la. Um detalhe é que eu não usei a Bíblia como escudo. Usei como arma. Você em algum momento já parou para analisar a Bíblia? Já a leu? Você sabia que ela possui mais de 40 autores, de Reis a plebeus, de legisladores a assassinos, judeus, gregos, romanos? Sabia que ela foi escrita em um espaço de mais de mil anos? Escreveram em Roma, na palestina, no Egito, na Babilônia, na Grêcia e tantos e tantos outros lugares? E você sabia que todos eles escrevem não vários livros, mas um Livro? Que contaram apenas uma única história e não várias histórias? Qual a chance nos dias de hoje, de quatro jornalistas, da mesma idade, do mesmo país, testemunharem um evento e escreverem a mesma história? Ou uma continuação da outra? Pois saiba que a Bíblia é assim. Fora isso, existem centenas de profecias Bíblicas que se cumpriram, você pode checar por si mesma. Mais de 25 mil cópias do novo testamento dos 4 primeiros séculos aprovam que esse texto nunca foi alterado. Isso é quatro vezes mais do que todos os manuscritos antigos dos grandes escritores de Roma. Achados arqueológicos cada dia mais afirmam a vericidade histórica da Bíblia. Você disse que esse livro foi escrito por homens. É verdade. Deus escreveu a Bíblia através de homens, como nós usamos uma caneta para escrever uma carta. Quem escreveu a carta? Eu ou a caneta? Sobre os tradutores e as distorções, você saberia me dizer de alguma distorção que já não tenha sido estudada e resolvida? Alguma que possa mudar totalmente a visão que temos da Bíblia, salvação ou Deus? Mesmo algum erro semântico? E se esse for o problema, não se preocupe eu tenho em casa e em meu computador os originais em hebraico, grego e aramaico e ficaria muito feliz em discutir sobre qualquer “distorção”. Você sabe de algum, já que fez uma afirmação de forma tão convencida?
Qualquer um pode usar a Bíblia para ensinar o que quiser, desde que esteja disposto a distorcer o significado dos textos. O que fizemos foi simplesmente declarar para ela o que a Bíblia diz. Mas sabe o que é o melhor de tudo? Nós ensinamos para ela sobre a maior de todas as histórias de amor.
Ao final de seu comentário, você atingiu a parte mais importante de meu e-mail, a afirmação de que ela violou todos os mandamentos de Deus. E como eu sei disso? Coloquei espiões atrás dela, como você disse? Não, é muito mais fácil que isso. Você mora a milhares de quilômetros daqui, em outro país e eu posso te provar que você já violou todos os mandamentos. Só preciso que você seja honesta comigo, você aceita o desafio? Então vamos lá: quantas mentiras você já contou em sua vida? Você já desejou algo que pertencia a outra pessoa e por isso até já pegou algo de outra pessoa sem pedir permissão? Você já desejou alguém sexualmente? Já desobedeceu seus pais? Já odiou alguém? Se você foi honesta você respondeu sim a todas essas perguntas, pois você é como todos nós. Pois saiba que você já violou o nono, o décimo e o oitavo mandamento. Jesus disse que se você olhasse com desejos sexuais em seu coração para alguem já teria cometido adultério, sendo esse o sétimo mandamento e também disse que aquele que sente ódio de uma pessoa é culpado de assassinato, sexto mandamento. Além do quinto, quando desobedeceu seus pais. Faltam 4 mandamentos, os quatro primeiros. Você não acredita que Deus existe, portanto o primeiro, o terceiro e o quarto já foram violados (ou você dedica um dia da sua semana a uma entidade que para você não existe, além de ter blasfemado dizendo que Deus não existe). E por último, você violou o segundo mandamento quando disse que “se Deus existe ele não será isso”, não seria como a Bíblia diz. Ou seja, você criou um deus para você, um deus que sirva às suas necessidades. Em poucas linhas foi possível mostrar como você violou todos os mandamentos. Você acha que minha amiga seria diferente? Leia os Dez Mandamentos e tudo vai fazer sentido para você.
Aqui cabe mais uma nota: eu já violei mais dos Dez Mandamentos do que você e minha amiga juntas. Eu sou muito mais pecador do que todas as pessoas de Portugal juntas. Eu sou um pecador vil e miserável. Mas é aí que a história de amor se torna maravilhosa! Deus ama os pecadores, mesmo sendo o que somos. Todos merecemos o inferno por causa de nossos pecados (eu mais do que todos vocês) e Deus agiria de forma justa nos enviando para lá. Mas Ele, em seu tão grande amor, providenciou uma maneira de sermos salvos. A ira de Deus, que deveria cair sobre nós, foi colocada sobre Jesus Cristo na cruz. Ele morreu por nossos pecados. E através de Cristo podemos receber essa salvação de Deus. Mas devemos nos arrepender de nossos pecados e colocar nossa fé em Cristo, eu sua obra na cruz por nós. Ora, isso é ou não é amor? Deus, ao invés de agir com justiça contra nós pecadores decide, por amor, sacrificar seu Filho para que seus inimigos sejam salvos? Eu duvido que exista alguma história de amor que se compare a isso! E se você realmente entendesse isso, se arrependeria de seus pecados e se jogaria aos pés de Jesus em gratidão. Você viveria sua vida conforme Ele pregou, pois Jesus disse que aquele que o ama guarda seus mandamentos. É isso que queremos que nossa amiga entenda. É isso que queremos que você entenda.
Espero que você entenda o porque de nosso e-mail. Mas acima de tudo, espero que você venha a ser salva em Jesus Cristo. Não existe amor maior. E estamos demonstrando esse amor por você agora.
Eu sempre acho interessante quando as pessoas me dizem “você não pode dizer que tal pessoa esta errada, você está errado fazendo isso”. Bom, do momento que você me diz que eu estou errado em dizer o que disse, você está cometendo o mesmo “erro” que eu. Você está medindo meus erros. Você pode medir meus erros e eu não posso medir os erros dos outros? Você está sendo tão intolerante quando me acusa de ser.
Aguardamos seus pensamentos sobre tudo isso.
Deus te abençoe.
Maurilo e Vivian.

PS: Eu não entendi porque você escreveu Maria Magdalena no final? É por causa da história da mulher adultera que ia ser apedrejada e Jesus disse “quem não tem pecado que atire a primeira pedra”? Se for por isso, eu não entendi porque Maria Magdalena. Ela não é a mulher adúltera desse texto, nada na Bíblia indica isso. Sua visão da Bíblia parece estar distorcida. Sugiro gastar mais tempo lendo as Escrituras.

Ivan disse...

Pois é, alem disso tem outras heresias que irei colocar no meu blog que é sobre um EVANGELHO DA AGUA E DO ESPIRITO e a serie DEIXADOS PARA TRAZ.

JESUS TE ABENÇOE

meus blogs:
ivan-jesusaverdadequeliberta.blogspot.com


jesusverdadequeliberta.spaceblog.com.br

Nas escrituras, tirar os sapatos tem um significado muito especial. Quando Moisés teve seu primeiro confronto com Deus, Ele disse para que ele tirasse seus sapatos porque ele estava em terra santa. Jesus caminhou descalço para o Calvário. Na cultura daquele tempo, estar descalço era o sinal que você era um escravo. Um escravo não tinha direitos. Jesus nos deu o exemplo supremo de renunciar tudo por um grande objetivo.
Loren Cunningham Making Jesus Lord / Marc 8:34,35

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...